Muitas pessoas se importam com a causa animal, porém não podem ou não querem necessariamente resgatar animais. Isso pode ocorrer porque a família não aceita, não há espaço, faltam condições financeiras ou mesmo por falta de tempo, final tem gente que mal para em casa.

Como contei nesse post, eu resgato animais e já fui ainda mais ativa na causa animal, trabalhando com ONGs e grupos de resgate. Assim, decidi pontuar aqui 8 formas de ajudar os animais, e tenho certeza de que uma ou algumas delas deve se encaixar nas suas possibilidades!

Doando seu tempo

Mutirão de banhos

Muitos abrigos e protetores individuais fazem mutirões de banho, onde convocam voluntários para ajudarem a dar banho nos animais resgatados. Há também trabalho voluntário para ajudar na limpeza do local e também para doar atenção e carinho aos animais. Para participar basta ficar de olho nas páginas do Facebook delas ou entrar em contato direto.

Trabalho voluntário em feiras

Muitos protetores e abrigos fazem feiras de adoção mensalmente ou a cada 15 dias, onde os animais são postos para adoção. A maioria das pessoas ali são voluntárias, e você pode ser também. A função costuma ser fornecer informações sobre o animal, manter os cercados e gaiolas limpas e oferecer água aos animais.

Oferecer transporte para o protetor entregar ou resgatar o peludo

Muitas vezes há um interessado na adoção de um peludo resgatado, porém este pode morar longe ou o protetor pode não ter transporte para entregar o animal. Muitos pedem ajuda de voluntários que deem uma carona até o local, e você pode se oferecer!

Doando seu dinheiro/mão de obra

Doação e compras para abrigos

Esse é o tópico que mais vejo pessoas escolhendo, e que bom! Para funcionar, abrigos e protetores precisam do apoio da população, afinal o governo não presta esse serviço e nem ajuda quem o faz. Por isso doações são importantes, tanto em dinheiro quanto em doação de ração, areia de gato, medicamentos etc.

Prestadores de serviço podem ceder panfletos para que o abrigo divulgue seu trabalho e lojistas podem ceder materiais de limpeza, por exemplo. Veterinários podem oferecer consultas ou vacinas mais baratas por ser em quantidade. Cada um pode ajudar como melhor lhe couber!

Ajudando nas redes sociais

Divulgar animais para adoção e pedidos de ajuda

É de grande ajuda divulgar animais para adoção e chamadas para campanhas, como as de castração e vacinação. Além disso muitas vezes são achados animais em situação de perigo e protetores buscam por advogados, veterinários e outras pessoas que possam ajudar. Muita coisa tensa acontece no mundo do resgate animal! Por isso fique ligado e ajude compartilhando. Quem sabe um amigo seu ou um amigo de um amigo seu não pode ajudar?

Ajudando nas perto de casa

Colocar comida e água em locais onde há animais de rua

Algumas pessoas fazem isso onde moro e isso ajuda bastante para que os animais que estão na rua tenham o mínimo: Comida e água. Procure deixar esses itens em locais seguros para que ninguém com coração ruim possa aprontar com o alimento dos peludos.

Dar carinho a animais de rua

Você pode simplesmente dar carinho aos animais mansos que encontrar pela rua. Eles se sentirão mais seguros, felizes e você pode ganhar vários amigos peludos.

Um exemplo lindo de como seu carinho pode ajudar animais de rua está ilustrado abaixo, neste emocionante vídeo:

Espero ter ajudado e lhe inspirado a ajudar peludos pelo mundo afora! O seu mínimo pode ser o que falta para aquele peludo ter uma vida melhor. A causa animal é intensa, mas muito compensadora! Pesquise sobre e deixo aqui alguns grupos os quais apoio no RJ, mas caso seja de outro estado busque no facebook e no google, você com certeza achará!