Em outubro tive a oportunidade de visitar a Expo Arte Contemporânea, uma exposição de quadros que estava acontecendo no mesmo andar do curso de controle de constitucionalidade que estou fazendo na Advocacia Geral da União, no centro do Rio de Janeiro.

Haviam fotografias que mais pareciam quadros, e quadros que eu jurava serem fotografias. Paisagens bucólicas, fotografias e cubismo dividiam espaço harmoniosamente na exposição.

Alessandro P. Vassallo

1976/RJ. Publicitário, desenhista e cartunista. Iniciou-se na arte em 1994 e segue o estilo cubismo.

Alessandro Vassallo Expo Arte Contemporânea AGU RJ

Obras de Alessandro Vassallo

Renilça G. Rangel

1945/RJ. Pintora e desenhista há mais de 50 anos. Reporta casarios e paisagens. Pinta normalmente em óleo sobre tela ou aquarela.

Renilça Rangel Expo Arte Contemporânea AGU RJ

Obra de Renilça Rangel

Waldeilson Ferreira

1980/PB. Formado em design, decidiu adentrar o mundo da fotografia. É amante do movimento renascentista e das diversas formas de expressão da arte. Viaja pela Europa e Ásia buscando aperfeiçoamento cultural e profissional.

Waldeilson Ferreira Expo Arte Contemporânea AGU RJ

Obra de Waldeilson Ferreira

Waldeilson Ferreira Expo Arte Contemporânea AGU RJ

Obra de Waldeilson Ferreira

Paulo Ferreira

1980/RJ. Começou a pintar aos 24 anos, é autodidata e apaixonado pelas paisagens e cores do Brasil. Cursou biologia e desenho artístico.

Paulo Ferreira Expo Arte Contemporânea AGU RJ

Obra de Paulo Ferreira

Paulo Ferreira Expo Arte Contemporânea AGU RJ

Obras de Paulo Ferreira

Há mais obras de cada artista, porém quis dar apenas uma palhinha por aqui. Os quadros estão à venda na própria AGU e pode-se ter contato direto com os autores pelo site da Expo Arte.

Adorei a exposição e fiquei um bom tempo admirando cada obra. As fotografias de Waldeilson Ferreira são incríveis, tanto as da coleção Pessoas Ilustres quanto as fotografias de lustres que mais parecem pinturas.

Demorei-me mais nas telas de Paulo Ferreira, pois são do meu estilo preferido. Gosto muito de paisagens campais que transmitam serenidade.

Indico muito a exposição e acho que todos os que gostam de arte – e os curiosos – adorarão. Nos arredores da AGU há vários cafés charmosos e restaurantes deliciosos, além de museus e da Bliblioteca Nacional. É fácil chegar ao local, basta pegar o metrô linha 1 e saltar na estação cinelândia, pegando a saída Pedro Lessa. A AGU fica na rua logo a frente, quase ao lado de um Mega Mate.

Expo Arte Contemporânea na AGU

Segunda à sexta, das 9h às 18h
Rua México, nº 74, 12º e 13º andares, Centro
www.expoarteagu.com.br